Menu fechado

Pesquisadores da Ufersa são premiados em Congresso da Ciência das Plantas Daninhas

Pesquisadores da Ufersa durante premiação no Congresso da Ciência das Plantas Daninhas | Foto: Cedida

O professor Daniel Valadão Silva e discentes do curso de Agronomia do Programa de Pós-Graduação em Fitotecnia – PPGF e do Programa de Pós-Graduação em Manejo do Solo e Água da Universidade Federal Rural do Semi-Árido participaram com destaque do XXXI Congresso Brasileiro da Ciência das Plantas Daninhas – CBCPD, que ocorreu no final do mês de agosto no Rio de Janeiro.

O professor foi contemplado com o Prêmio Destaque Jovem Pesquisador, entregue em solenidade durante o jantar de encerramento do congresso. Docente da Ufersa desde 2015, já orientou cinco discentes de graduação, oito de mestrado, um de doutorado e uma supervisão de pós-doutorado. De acordo com as normas de indicação, a premiação reconhece jovens pesquisadores que têm demonstrado originalidade e criatividade em suas pesquisas, além de apresentar potencial para continuar com trabalhos de excelência no futuro de sua carreira na área da Ciência das Plantas Daninhas.

Já a discente do PPGF, Taliane Maria da Silva Teofilo, e o egresso Paulo Sergio Fernandes das Chagas, oriundo do Programa de Pós-Graduação em Ambiente, Tecnologia e Sociedade, também foram premiados na categoria pós-graduação pela apresentação do e-pôster “Comportamento do diuron em diferentes solos sob a aplicação de calcário agrícola e em soluções catiônicas”.

Para o professor Daniel Valadão, a conquista premia a dedicação de uma grande equipe composta por alunos, professores e técnicos da Ufersa e de diversas instituições brasileiras, na medida em que “consolida a nossa instituição como referência no desenvolvimento da ciência das plantas daninhas no Nordeste”, defende o docente.

Fontehttps://assecom.ufersa.edu.br/2018/09/04/pesquisadores-da-ufersa-sao-premiados-em-congresso-da-ciencia-das-plantas-daninhas/

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.